BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Sem categoria / Guerra!

Guerra!

A guerra está batendo à sua porta. Não com armas de fogo em punho, não com tanques ou caças. Falo da guerra que enfrentamos por sermos quem somos, quem escolhemos ser.

“Meu filho, se entrares para o serviço de Deus, permanece firme na justiça e no temor, e prepara a tua alma para a provação;” – Eclo 2;1

Essa palavra, que me foi dita logo ao começo de minha caminhada, explica bem o que passamos no mundo de hoje por sermos cristãos. Basta que você chegue com uma camisa com uma imagem do Sagrado Coração de Jesus, ou tenha um crucifixo na sua mesa de trabalho… as provações já começam a acontecer. Especialmente de pessoas que “do nada” se sentem compelidas a questionar sua crença, ou infelizmente atacá-la – o que não é raro.

Parece mesmo que pelo simples fato de termos feito uma escolha que contraria o “senso comum” – que pode ser chamado de qualquer coisa, menos de “bom senso” – já se torna quase uma obrigação para que alguns possam vir e questionar e acusar. Nem preciso listar aqui o tipo de coisas que se diz contra a Igreja Católica, TODOS já sabem disso. Afinal, atacar a Igreja dá um IBOPE danado.

Estamos realmente na contramão. Num mundo onde é muito mais comum você se render às suas vontades, prazeres e instintos, Cristo diz para “tomarmos nossa cruz e segui-lo”.

Mas é preciso ter fé pra não vacilar. Chesterton disse: “Algo morto pode seguir a correnteza, mas apenas algo VIVO pode nadar contra ela”. Não lutar significa ser levado pela correnteza… é como ser derrotado por essa onda que entra pela nossa porta, no nosso coração, ao esperarmos de maneira apática que nos digam o que fazer.

É necessário VIVER, e isso em si já é a luta – e só se vive plenamente compreendendo o sentido dessa vida, o sentido pra todas as coisas. Viver sem enfrentar a si mesmo, sem confrontar as próprias vontades, sem se questionar… não é viver. É passar pela vida.

Frase clichê, porém verdadeira até certo ponto. Seja o protagonista do espetáculo da sua vida! Romantizando isso, imaginemos uma vida cheia de sonhos, de aplausos, de sangue, suor e lágrimas, cheia de emoção. Tem isso também… mas viver isso tudo sem sentido, não envolve luta, é tão fácil quanto não viver..

A luta acontece no nosso íntimo, no fundo da alma onde nos confrontamos conosco todos os dias. E só saindo dessa luta com vitória, podemos enfrentar a guerra que bate à porta todos os dias.

Só com Deus, em Deus e por Deus, é possível lutar, se enfrentar e vencer.

Sobre Adriano Reis

Veja Também

Oficina Entrevista: Comunidade Jesus Menino na JMJ

A Comunidade Jesus Menino foi escolhida para representar o continente americano na Jornada Mundial da Juventude ...

Um comentário

  1. Anderson Dideco

    Chesterton disse: "Algo morto pode seguir a correnteza, mas apenas algo VIVO pode nadar contra ela". Cada vez mais seu fã, Cotonete. Td bem!: do Chesterton tb, rs. Abção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *