BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates
Home / Oficina / Testemunho do Retiro de Membros: Sobre ser Oficina

Testemunho do Retiro de Membros: Sobre ser Oficina

Por: Vitória


No dia 20 de novembro de 2016, após um discernimento bem acompanhado e alguns dias de retiro, eu firmei meu compromisso como membro da Oficina de Valores. Esse “sim” reflete minha visão da Oficina como um caminho vocacional e é nessa comunidade que vivo o que a Igreja me pede.

No último final de semana pude participar do retiro de membros de 2017 onde mais quatro amigos deram seu sim a esse compromisso. Voltar a refletir mais profundamente sobre minha decisão me mostrou a dimensão do que é ser católico através da participação em uma comunidade.

Em cada momento desses dias era perceptível o sentimento de pertença de cada um dos que estavam lá, pois temos o mesmo ideal e buscamos seguir o mesmo caminho. Conhecemos nossos limites e dificuldades e mesmo podendo ser difícil lidar com algumas delas, olhar para isso não como empecilho, mas como possibilidade de mudança (e mudança de fato), dá mais alegria do que dor de cabeça.

Quando comecei a participar da Oficina cinco anos atrás, me vi diante de pessoas um tanto mais velhas e em momentos de vida diferentes do meu. Nessas pessoas eu pude enxergar uma decisão muito bem feita e um comprometimento com as coisas de Deus que me faltavam. Meu amadurecimento sobre o que é realmente ser católica começou a partir daí. Nesse momento, aquelas pessoas, mesmo que de forma mais distante, tornaram-se referência para mim. E são até hoje. Graças a Deus bem mais próximas.


“De tempos em tempos, Deus envia carismas para o mundo. A Oficina é um destes carismas”, bem disse um dos nossos fundadores durante meu processo de discernimento. A presença, a conversa e o riso se traduzem no meu cotidiano principalmente porque tenho uma comunidade que me proporciona viver esses carismas. Não são meramente ações, são meu caminho de santificação e vivencia cristã. O que parece exigência se revela vontade.


É difícil encontrar palavras para escrever sobre o que aconteceu neste final de semana e sobre o que é ser Oficina. Talvez tão difícil quanto possa ser para alguém que tem outra comunidade ou outro carisma entender o que se passa com a gente. Encontrar explicação para tudo o que vivo enquanto membro é tentar descrever experiências muito pessoais que estão no nível do sentir. O que tento dizer é que pertencer a Oficina é pertencer a Igreja e pertencer a Deus. Através desta obra Ele me diz todos os dias: eis que estou convosco! Sou grata por essa presença ser revelada a mim através da Oficina de Valores.


Vitória Lopes
Estudante de Arquitetura
Oficina de Valores

Sobre Oficina de Valores

Veja Também

Testemunhos do Retiro de Universitários – Os Quatro Amores

“Retiro de Universitário? Quando, aonde, quanto? Claro que eu vou!”. Desde que conheci este retiro ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *